sábado, 5 de março de 2016



HOUSE OF CARDS BRASIL - PARTE 1

Não há descanso ou paz no céu ou no inferno. Apenas nós mesmos. Pequenos. Solitários. Esforçados. Lutando uns contra os outros. Eu rezo para mim mesmo – por mim mesmo”, diz Frank para a câmera, olhando diretamente para o telespectador.

House of Cards da Netflix, retrato cruel da ambição, do poder e dos bastidores da política, virou mania e, é na atualidade a série mais popular no mundo, com grande audiência até na China.
Após Frank Underwood (o talentosíssimo KEVIN SPACEY)  ser preterido ao cargo de Secretário de Estado (que lhe havia sido prometido durante a campanha presidencial), ele decide armar um plano para derrubar e implodir o governo, juntamente com sua eficiente mulher, Claire (ROBIN WRIGHT) ou “Lady McBeth”, dissimulada, insaciável e ambiciosa. Para isso, manipula a tudo e a todos sem o menor escrúpulo, “fazendo o diabo” para tornar-se presidente dos EUA. Após um rastro de mentiras, dossiês, traições, vítimas, alianças, conchavos, conspirações veladas, negociações com grupos de lobistas que caminham ao lado do poder e alguns esqueletos no armário, ele consegue o seu intento.

Basicamente, ninguém vale nada: congressistas, assistentes, lobistas, jornalistas, secretários. Todos estão apenas interessados nas vantagens que poderão obter, nos cargos que irão ocupar, nos lucros que irão auferir.

Depois de chegar ao mais alto cargo do poder, o desafio de Underwood agora é manter-se no topo, na tão esperada quarta temporada.

Uma das questões que mais intriga quem assiste é: quão próximo da realidade está House of Cards?

Talvez essa proximidade esteja na visão sombria, amoral e cínica com que a política é tratada e retratada.

Aliás, nos últimos meses não há brasileiro que não tenha se sentido sugado pra dentro de House of Cards.

Os fatos e escândalos foram se materializando lentamente aos olhos de todos em meio à escuridão de um poço sem fundo.

A crise brasileira ultrapassou fronteiras, hoje é um fato internacional por estar puxando a economia mundial pra baixo; poucos são os que neste momento se arriscam a investir no Brasil. O populismo de esquerda, os desmandos e a roubalheira arruinaram um país de dimensões continentais. Fato.

Uma quadrilha criminosa se apossou do poder...não para governar, mas para saquear o país...

Aos poucos os brasileiros começaram a ver a verdadeira face daqueles que “fizeram o diabo” para chegar ao poder. Falsos mitos que penetraram no inconsciente de sua gente com a promessa de que não haveria mais pobreza, nem analfabetos, nem desempregados, nem esfomeados, numa luta imaginária contra aqueles que “não querem ver pobre viajando de avião”. Promessas que não cumpriram e jamais cumprirão.

Basta aos falsos salvadores do povo!!! 

O problema destes pseudo redentores é que não enxergam outra realidade a não ser permanecer e perpetuar-se no poder. Quanto maior é o caos social, mais lucram. Quanto pior está a situação, mais necessários se sentem. Por isso estão sempre dividindo o país, fomentando o ódio entre regiões sul x norte, o conflito entre pobres x elite. Que elite? A única elite que há hoje no país é a dos políticos, estes sim em oposição ao povo!!!

Somos intocáveis!!! 

Diante do colapso, da roubalheira, da ruína, da corrupção, do escárnio, do esquema criminoso de poder, da pilhagem de 45 bilhões de reais da maior empresa estatal do país, a Petrobras, “os intocáveis” se arvoram em Messias e em todo-poderosos, acima da lei e imunes a qualquer investigação, denominando de golpismo as apurações dos crimes por eles praticados e convocando sua podre militância para levar o caos e o terror às ruas. Luis Inácio Lula da Silva é o representante desse pensamento.

Lava Jato? O que é a Lava Jato? Desdenham alguns. O tempo está se esgotando, analisam outros.

Dando um passo à frente, no histórico 04 de março de 2016, foi deflagrada a 24ª. fase da Operação Lava Jato, a Aletheia, tendo como foco – finalmente – o ex-presidente, Luis Inácio Lula da Silva e sua família; ele que no dia anterior, juntamente com sua mulher, havia se recusado a depor no Ministério Público de São Paulo sobre a compra e reformas no triplex do Guarujá, tal como já fizera anteriormente.

O ex-presidente tripudiou e continua a tripudiar, escarneceu e continua a escarnecer da Justiça, e não viu como não vê que as águas, além de turvas e revoltas, são profundas demais para ele escapar. O mesmo se diga em relação à sua sucessora, a desgovernada, altiva, desorientada, teimosa, incongruente e irascível, Dilma Rousseff.

Ele, Luis Inácio Lula da Silva, aquele que zomba ao ser questionado sobre o apartamento do Guarujá, o sítio atribuído a ele em Atibaia, a compra de caças franceses, o escândalo do Petrolão, as Emendas vendidas para beneficiar “os amigos do rei”, a lavagem de dinheiro por meio do Instituto Lula, ainda tenta convencer aos incautos com sua demagógica oratória, de que é “a alma viva mais honesta do planeta”, cof cof cof...

Pois é, o Lula - quem diria - consegue deixar o manipulador, maquiavélico, cruel, cínico e homicida Frank Underwood no chinelo. Exemplo clássico de quando a realidade supera a ficção....







Os brasileiros só não podem desistir da Petrobras e nem da nossa Nação
Porque são eles que possuem o poder de escolher qual será sua direção...



Shadow/Mariasun Montañés


13/03 Mega Manifestação em todo o país - Bandeiras verde-amarelas nas janelas e o povo nas ruas - NINGUÉM ESTÁ ACIMA DA LEI !!! 



O trabalho HOUSE OF CARDS BRASIL - PARTE 1 de MARIASUN MONTAÑÉS está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...