sexta-feira, 11 de setembro de 2009



ONDE MORA A FELICIDADE?




Ela não mora, se esconde? Como assim? Olhe ao seu redor, sabia que ela pode estar ao seu lado neste exato momento? Nada? Vamos, não seja tão cético! Tente só um pouquinho.....?? Complexo demais! Distante? Utópico?

Já que você pensa assim, só como exercício, faça essa mesma pergunta a uma criança, ou melhor, à criança que você já foi. Será que ela também terá dificuldade em responder?

Preste atenção, se estiver alerta e atento, conseguirá ouvir uma vozinha vindo lá de dentro, dizendo que essa pergunta é baba:

"Ora a felicidade mora em vários lugares, todo mundo sabe disso! No castelo encantado da Cinderela, no escoderijo que guarda os amigos imaginários (você é capaz de lembrar do seu?), no olhar carinhoso da mãe, no passeio de domingo no Parque, no abraço apertado do pai...", e se você continuar ouvindo, ela ainda lhe dirá que a felicidade tem gosto. É isso mesmo! Gosto de bolo de chocolate e algodão doce.

E, então, você já foi essa criança, consegue lembrar? Pense nela, e enquanto pensa, veja o que Carlos Drummond diria a esse respeito....







Quer saber? Penso que a felicidade é um estado de espírito, é conseguir olhar para o mundo dando especial atenção às pequeninas coisas, que estão ao redor esperando por você. No dia-a-dia vamos na contramão disso, nos acostumamos a investir nas grandes coisas, a ser os autores de grandes feitos, na busca de algo que seja visível, palpável e valorizado por todos, e, muitas vezes, inatingível.

Acontece que a felicidade não é tangível ou visível, mas está sempre ali. Está na alegria contagiante do sorriso de uma criança, no agradável cheiro de mato depois da chuva, naquele inesquecível jantar ao lado de seu amor, na beleza e magia de uma noite enluarada, no delicioso e refrescante mergulho no mar, no orvalho da manhã que cobre as flores, no prazer incontido ao escrever uma poesia, no olhar orgulhoso dos pais pelos filhos, na comovente amizade do cachorro por seu dono,...e em especial no ombro e carinho de um amigo,...Viu só? São tantos e tão infinitos momentos...


E você, já olhou ao redor? Onde está a sua felicidade?



Meu desejo para o seu final de semana?


É muito simples. Desejo a você muitos morangos com chantili.


Shadow/Mariasun



Creative Commons License
ONDE MORA A FELICIDADE ? by MARIASUN MONTAÑÉS is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.


37 comentários:

Nadine disse...

Sabia que hoje entraria aqui e teria alguma novidade pra gente se deliciar com algo de bom no fim de semana. Mais uma vez vc acertou em cheio. Acho que a Pan foi muito feliz ao associar este espaço a um oásis, hj a internet, jornais e noticiário estão nos bombardeando com as imagens mais do que gastas do 11 de setembro. Como é bom chegar num lugar e encontrar a vida pulsando em meio ao caos urbano, e nos impulsionando a desfrutar das coisas boas e singelas. Desejo a vc pedaços de bolo de chocolate com muito glacê. Bjs

Vani disse...

Que lindo!! Sei o quanto vc é fã do Carlos Drummond e que Síntese da Felicidade é um dos teus poemas favoritos. Ainda guardo uma montagem linda dessa poesia que vc fez pra mim num momento crucial da minha vida. Talvez vc não tenha a dimensão do quanto isso foi importante pra mim naquele momento. Foi a partir daí que passei a te conhecer melhor e ao próprio Drummond. Ele é um poeta leve, seus poemas são doces, parecem aguinha com açúcar deliciosa assim como vc. Um fim de semana doce e delicioso.

RENATA PAN disse...

Vani, minha querida, vc vive tendo momentos cruciais, já foram tantos que nem sei a qual vc se refere. Aliás parem de desejar tanto doce pra ShadowSun porque senão na segunda ela vai ter que ficar uma hora de esteira na academia pra perder as calorias. Fique tranquila não vou te desejar mais doces, mas um encontro romântico tal qual o de Maya e Raj...aliás, como tenho invejado estes dias a enfermeira que cuida dele no hospital do Rajaquistão(suspiros). Eu seria totalmente feliz em ser coadjuvante nesse momento.

Renata disse...

Amiga, texto primoroso e a poesia já diz tudo. A gente se deixa atropelar tanto pelo dia-a-dia que de fato muitas vezes perde a possibilidade de curtir e valorizar o que está ao nosso redor, é sempre bom ter algo ou alguém pra gente se lembrar disso. Pra mim vc sp foi como uma manhã de orvalho, então eu te desejo a suavidade e encantamento de uma manhã assim. Bjs

RENATA PAN disse...

Renata, como vc faz isso com a ShadowSun? Vc não vê que ela pode se resfriar com a umidade do orvalho?

Renata disse...

Xará, vc não é capaz de entender a profundidade poética do que acabei de falar? O que está havendo com vc?

RENATA PAN disse...

Renata, vc falou? Que eu saiba quando muito escreveu

Renata disse...

O seu pensamento está concreto de mais, fica difícil assim, o que se espera é um mínimo de abstração, mas pelo visto vc empacou

RENATA PAN disse...

Hare baba, quem empaca é burro espero que vc não esteja usando o termo de forma pejorativa

Renata disse...

Prta bom entendedor meia palavra basta

RENATA PAN disse...

Agora magoei

Renata disse...

Não vem não que eu te conheço

RENATA PAN disse...

Vc já foi mais sensível

Renata disse...

Vivendo e aprendendo

RENATA PAN disse...

Depois dessa vou amarrar uma pedra no pescoço e me jogar no poço

Renata disse...

Se na novela ninguém se jogou, não ia ser vc né, conta outra

RENATA PAN disse...

Tá certo não tenho o perfil, aliás passaria longe daquele viuvário tb, vc viu que vão cortar o cabelo dela?

Renata disse...

Um horror, nenhum Raj vale isso. Acho que no enterro vc vestiria um sari vermelho e dançaria até cansar, estou certa?

RENATA PAN disse...

Pode crer, a vida continua é como a ShadowSun diz hj, cada um busque a sua felicidade em meio ao caos em que vive (risos)

Renata disse...

As vezes a gente esquece disso e fica se torturando, procurando por algo que está tão perto, fico com tanta raiva de mim quando cai a ficha

RENATA PAN disse...

É o lado masoquista da gente falando mais alto

Renata disse...

Difícil controlar quando a gente se frusta nas expectativas ou naquilo que tinha desejado

RENATA PAN disse...

Por isso que evito fazer muitos planos, simplesmente deixo que as coisas aconteçam

Renata disse...

Talvez esteja aí o segredo do seu sarcasmo e bom-humor

RENATA PAN disse...

Querida isso são talentos

Renata disse...

Va benne

RENATA PAN disse...

Mais de duas horas, tenho uma reunião agora, a gente se fala mais tarde. Bjs

Renata disse...

ok, boa reunião. Bjs

Carol disse...

Eu te conheço lá da Scully, tenho entrado aqui desde que vc fez o post sobre a fazenda. Até agora não tinha tido coragem de comentar, mas hj resolvi por conta do tema e do Drummond, sou fã dele tb. Queria dizer que gosto do jeito que vc escreve, dos temas que vc escolhe e do visual do teu blog. Isso pra mim é felicidade.

Shadow disse...

Carol,

Seja bem vinda!

Shadow disse...

Amigas,

Agradeço todas as guloseimas em forma de carinho.

Renata Pan, esse tipo de doce não engorda não, aquece e agasalha o coração.

Um beijo afetuoso em cada uma!!

A Itinerante - Neiva disse...

Boa noite, meninas.

Shadow, acho que Carol disse tudo: felicidade é chegar aqui neste cantinho todas as noites e encontrar paz este ambiente bom e refrescante. :D

Nada é mais felicidade do que chegar em causa exausta, com os pés doloridos, fechar as portas para o mundo real, com seus problemas, dilemas, etc..., ver meus filhotes com saúde e segurança e depois viajar um pouco pelos cantinhos de meus amigos.

Sei lá. Cada um tem a sua definição e acho que a minha é até pobrinha perto do mundão de coisas gostosas que trazem felicidade, mas é isto.

Para complementar, sabe o que vou fazer agora para ficar flutuando em nuvens felizes? Ah, vocês vão morrer de inveja e desejo!

Vou comer um potão de açai bem geladinho, com granola, sucrilhos, morangos e leite moça. rsrs

Obrigada, querida, pelo lindo e inspirador post.

Beijos e um final de semana feliz a todos.

Shadow disse...

Neiva,

Não seja gulosa e deixe um pouquinho pros outros, viu? Hmmmm

Um beijo bem carinhoso

RENATA PAN disse...

Passando pra dar um olá. E aí Neiva comeu o potão inteiro, ou só quis deixar a gente morrendo de inveja? Saindo pra minha caminhada no parque.
Bom fim de semana. Bjs

Renata disse...

Xará eu ainda acabo descobrindo o que tem de bom nesse parque.
Neiva pelo visto ontem vc resolveu ser feliz, delicia. Bjs

RENATA PAN disse...

Renata, o parque não tem segredos o interessante é a natureza viva em seu entorno. Felicidade só. Bom domingo mia cara.

Val disse...

Bom dia Neiva,que lindo este seu cantinho amiga.Parabéns belissimo o texto que escolheu.Ninguém tem a felicidade garantida.A conquista da felicidade vem no aprendizado diário de viver sabendo aceitar e expressar os desejos e sentimentos, construindo os próprios projetos de vida e empenhando-se para realizá-los.
Tenha uma otima semana
Beijos com carinho

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...