quinta-feira, 5 de abril de 2012



 

A EVOLUÇÃO DO COELHINHO DA PÁSCOA



 

Avizinhando-se a Páscoa, Tio Zuzu deixou seu reduto no Rio de Janeiro e veio passar uns dias em São Paulo, na casa da Leninha.

Ao chegar na capital paulista resolveu passar na casa do Dr. Paulo, seu amado sobrinho, pai do Dudu, com a intenção de passar o dia com o menino.

- Vamos até o Shopping comprar o seu ovo de Páscoa?

- Não precisa Tio, a gente entra na internet e escolhe um. Vê o preço, o senhor me dá o dinheiro, depois eu compro alguma coisa na loja de vídeo games. Como é que é?  Surpreendeu-se com a resposta do Dudu ao convite.
 
Tio Zuzu achou que ele estava de gozação. Afinal, os meninos nessa idade são tentados a “tirar onda” dos mais velhos. Ficou parado ao lado dele, em silêncio, sem saber o que dizer. Como nada aconteceu, ele continuou em silêncio enquanto o Dudu voltava a jogar Assassins Creed Revelations, uma espécie de luta medieval pelo controle das cidades, entre uma horda de assassinos que se movimenta pelos telhados e soldados templários, sem lugar para coelhinhos feitos de chocolate ou não.

 
- Então, mais tarde a gente entra na internet, conseguiu balbuciar.
Desconfiou ter visto um suspiro de alívio no rosto do menino, assim como quem diz: “ainda bem, já tava me fazendo perder a concentração”. Não tem certeza. Claro, pode ter imaginado.

No dia seguinte, tomou um táxi para ir até a casa da Val, ver a pequena Bia. No caminho travou conversa com o motorista:

- Com a proximidade da Páscoa, vim do Rio para São Paulo ver meus afilhados.

- Eu morei com minha família no Rio, passei toda a minha infância e meninice lá. Meu pai era português, de uma pequena aldeia portuguesa de Trás-os-Montes, eu vim com cinco anos para o Brasil. Naqueles tempos, a gente tinha um grande respeito pelas coisas de Deus e pela Páscoa; a Sexta-Feira Santa era um dia de contemplação, silêncio e oração, como se o sofrimento do Senhor tocasse a cada um de nós; era um alívio saber que depois viria a Ressureição...
 
- Hoje muita coisa mudou, inclusive, os festejos da Semana Santa, comentou laconicamente Tio Zuzu, lembrando do Dudu. 

- Minha mãe gostava muito de ouvir rádio, era a sua distração em casa, lembro como se fosse hoje, que nesse período, tocavam apenas músicas sacras e clássicas.

- É isso mesmo. Nos cinemas, o único filme em cartaz era “O Rei dos Reis”, narrado por Orson Welles. Lembro também do jejum que a gente fazia a semana inteira, como penitência.
 
- Ah, mas aí vinha o Domingo de Páscoa, pra quebrar o jejum de alimento. Que alegria! Meu pai não era rico, remediado por assim dizer, todos os anos ele sempre comprava um ovo de Páscoa ao alcance do bolso, que era dividido entre mim e meus irmãos. Aqueles pedaços de chocolate eram saboreados com cuidado, eu dividia o pedaço que me cabia em pedacinhos menores, embrulhava e guardava, só pra ir comendo de pouquinho, devagarinho e render mais.

Nesse momento, Tio Zuzu juntou uma história com a outra num devaneio dedicado aos ovos e coelhinhos de Páscoa; em seu pensamento, a frase de uma música infantil: coelhinho da Páscoa que trazes pra mim?

- Nos dias de hoje, para o bem ou para o mal, já não fazemos jejum, no rádio tocam as músicas de Michel Teló e Luan Santana e o coelhinho da Páscoa é virtual, continuou o taxista.

Existem diferentes maneiras de comemorar a Páscoa?, Tio Zuzu divagava. 

- Chegamos.
 
Entrou na casa da Val pensando ainda na Sexta-Feira Santa, ovos e coelhos de chocolate. Quantas vezes ele estivera nos depósitos de ovos de Páscoa da região do Brás, voltando para o sítio em São Pedro carregado de chocolates. Com que cuidado, ao longo dos anos, ele se dedicara à tarefa de esconder na varanda e no jardim os ovinhos e coelhinhos comprados com tanto desvelo! 

Sua maior alegria era, após a missa de Páscoa na modesta Igreja Matriz, ver os sobrinhos e afilhados se entregarem à caça aos ovos e coelhos escondidos; Val, Belinha, Alicinha, Paulo,... jamais esquecerão aqueles dias e nem o sabor da tradicional bacalhoada, servida no almoço.

- Oi Tio, disse uma sorridente Bia.
- Como vai minha princesinha? Que tal se a gente fosse comprar o seu ovo de Páscoa?

- Tudo bem, só que tem que ser aquele que tem uma bonequinha dentro?

- Bonequinha ou coelhinho?

- Não Tio, bonequinha, o senhor não vê televisão, não?

Fato. Agora as crianças escolhem o ovo olhando o “recheio”: se vem com relógio, bonequinha, bichinho, carrinho,... E o coelhinho, onde foi parar?

No corredor do supermercado abarrotado de ovos, em meio a uma infinidade de marcas, modelos e novidades despertando o clima de Páscoa nos pequenos consumidores, lá estava o ovo da Bia.
 
 
Na hora de pagar veio o susto!! Como o ovo de Páscoa pode custar 576% mais que a barra de chocolate??? Por que essa diferença absurda?
- Acho que estou levando gato por lebre, camuflado de coelhinho da Páscoa!! pensou atônito.

Pagou e saiu da loja com uma Bia saltitante ao seu lado. 
 
Enfim, apesar de tudo, Tio Zuzu sabe que a sabedoria da vida está em passar por cima daquilo que não agrega e em saber harmonizar as antigas tradições e as novas idéias, aos novos tempos.
 
E afinal, a viagem dele terá valido a pena, no Domingo de Páscoa não faltará a tradicional bacalhoada em família no almoço, na casa da Val, onde todos agradecerão por tudo que lhes foi transmitido pelos que vieram antes: pais, tios, avós, bisavós. Ao entardecer, irão à Missa na Igreja São Luis Gonzaga na Avenida Paulista, fechando e eternizando a Páscoa de todos, o Renascimento diário, que nos faz viver um dia de cada vez, pois, o que importa não é o que vem dentro de um ovo de chocolate, mas, o que fica guardado em nosso coração desses momentos.



video

FELIZ PÁSCOA!

¡FELICES PASCUAS!

HAPPY EASTER!




Shadow/Mariasun Montañés




Licença Creative CommonsO trabalho A EVOLUÇÃO DO COELHINHO DA PÁSCOA de MARIASUN foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Devido a problemas no sistema de comentários, ele foi temporariamente desativado. Informo que futuros contatos e comentários poderão ser feitos pelo email do blog: cantinhodashadow@hotmail.com. Combinado?


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...